• Viva Guarapuava

Guarapuava deve refletir sobre criação de conselho municipal de cultura

14 de maio de 2022



Guarapuava deverá entrar no ciclo de debates que se inicia hoje (14) em todo o Paraná, com a proposta de criação de conselhos municipais de cultura. O Ciclo de Diálogo que se estende a todo o estado traz uma pauta dupla: o Programa de Fomento e Incentivo à Cultura (PROFICE) e o Programa de Implementação do Sistema Municipal de Cultura – SEC/PR. A videoconferência, dirigida aos dirigentes municipais de cultura e transmitida pelo canal Cultura Paraná no YouTube, começa às 9h30 com abertura da superintendente-geral da Cultura, Luciana Casagrande Pereira.


Lançado em maio, a 4ª edição do PROFICE, o maior programa de incentivo e fomento à cultura do Estado, foi reformulada para ser mais ágil e abrangente. A primeira fase de editais está com inscrições abertas até o dia 4 de julho para as áreas de Música; Dança; Povos, Comunidades Tradicionais e Culturas Populares; Literatura, Livro e Leitura; e Ópera.


Sobre o programa, falarão Wanessa Hoinacki, Allan Kolodzieiski e Pedro Furlan da equipe da Coordenação de Fomento e Incentivo à Cultura (CFIC).


A outra parte do ciclo aborda um tema fundamental a todos os municípios do Paraná: o Sistema Municipal de Cultura.


Conforme dados da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura (SECC), apenas 87 municípios do Estado têm Conselhos Municipais de Cultura instituídos e 62 possuem Fundos Municipais de Cultura, dois componentes importantes para o sistema de cultura.


Adriane Santos e Luciene Pereira de Cristo Bracht, da equipe da Unidade de Apoio aos Municípios (UAM), apresentarão como será o trabalho dos agentes regionais nas cidades bem como a implantação do Sistema Municipal de Cultura. Esta implementação está sendo viabilizada por meio de uma parceria técnica com a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

mapa antigo gp.jpg

Ano de 1819 lembra o ato formal de fundação da Freguesia de Nossa Senhora de Belém 

gp hoje.jpg

SÉRIE
Guarapuava é a gente que faz 

tropeiros.jpg

Documento original assinado em 1818 por Joaquim de Marçal nunca foi encontrado

DEIXE SUA OPINIÃO

Obrigado!