• ANA PAULA MOLIANI

Lugares que nos tocam a alma






ANA PAULA MOLIANI *


Pensei sobre isso quando estive pela primeira vez, visitando o Salto São Francisco. Ao me encontrar com aquelas águas, com a luz do sol procurando brechas dentre as árvores quase como se tentando nos sondar, ou, então, escapar por meio delas, para conseguir entre nós um encontro. E ali, bem assim, nessa disputa de atenção entre água e luz, ambas imprescindíveis, eu me dei conta de que estava em um encontro inesquecível!

A ideia era apenas conhecer um novo lugar, expandir meu horizonte, mas, me permiti estar ali! Me permiti ir além, aceitei realmente estar presente.

Quando esse encontro foi se findando... e vi aos poucos o sol se despedindo... senti que também eu, deveria despedir-me. Por um breve momento meu coração silenciou...

Logo ouvi mais forte o som de Francisco consolando-me: "Vai tranquila! Que, mesmo minhas águas partindo, ficarei incessantemente a esperá-la!"


* Ana Paula Moliani é pedagoga, escritora, coordenadora do CEU das Artes em Guarapuava



SIGA NAS REDES SOCIAIS


PORTAL PARANÁ CENTRAL

www.instagram.com/paranacentral

www.facebook.com/paranacentral

www.youtube.com/paranacentral


VIVA GUARAPUAVA

www.instagram.com/vivaguarapuava


mapa antigo gp.jpg

Ano de 1819 lembra o ato formal de fundação da Freguesia de Nossa Senhora de Belém 

gp hoje.jpg

SÉRIE
Guarapuava é a gente que faz 

tropeiros.jpg

Documento original assinado em 1818 por Joaquim de Marçal nunca foi encontrado

DEIXE SUA OPINIÃO

Obrigado!